“Só por hoje” – O que significa?

 

so_por_hoje_beyou_reikiÉ uma das perguntas que mais frequentemente me fazem os não praticantes de Reiki: afinal, qual é o significado da expressão “só por hoje”?

Quando um praticante de Reiki recita os Cinco Princípios começa sempre por dizer “só por hoje” (“Kyo dake wa” em japonês). Os Cinco Princípios são os preceitos legados pelo Mestre Mikao Usui, fundador do sistema Reiki, e que constituem a filosofia de vida desta terapia, distinguindo-a de outras e conferindo-lhe uma dimensão moral e ética de grande relevo para os praticantes. Na verdade, os preceitos do Reiki, denominados Gokai em japonês, são verdadeiros pilares para a prática, complementando a vertente da terapia energética. É aos Princípios que o praticante vai buscar apoio, iluminação e amparo nos momentos de maior dúvida, confusão ou tensão, meditando e interiorizando a mensagem implícita em cada um. [Aqui podem encontrar os Cinco Princípios, a sua explicação e récita em japonês por Frank Arjava Petter].

Mas se a compreensão de cada um dos princípios acaba por ser de relativa facilidade (ainda que a sua aplicação no dia-a-dia possa ser repleta de desafios), já a expressão que os antece suscita algumas dúvidas. Muitas vezes me perguntam o significado e recordo-me perfeitamente da incredulidade de uma não praticante que me perguntou: “Só por hoje? Então e o ontem? E o amanhã? Não deverei eu ser calma amanhã também?”

 

“Vivo sempre no presente. O futuro, não o conheço. O passado, já o não tenho.”

Fernando Pessoa, in “Livro do Desassossego”

Esta frase de Fernando Pessoa ilustra na perfeição o significado da expressão “Só por hoje”. No fundo, trata-se de um convite a estarmos Aqui e Agora, a vivermos o momento presente, sem a ansiedade do que está para vir e sem a nostalgia do que ficou para trás. Pede que nos foquemos em consciência, sem gastarmos energia a antecipar situações futuras ou a recordar mágoas, palavras ou acontecimentos que pertencem ao passado, um tempo ao qual não podemos voltar.

Dizer “só por hoje” antes dos Cinco Princípios, leva-nos a assumir o compromisso de olharmos para dentro de nós todos os dias (várias vezes ao dia, até) e verificarmos se estamos calmos, confiantes, se somos gratos, trabalhamos honestamente e se somos bondosos. Esta avaliação levar-nos-á a redirecionar a nossa atenção de forma a conseguirmos uma prática mais consistente e correta. E se fizermos isto diariamente, claro que o ontem e o amanhã serão contemplados: porque todos os dias nos comprometemos connosco a fazer esta análise, evoluindo com amor incondicional e em consciência. Todos os dias nos propomos trabalhar interiormente no sentido de sermos mais calmos, confiantes, gratos, etc.

De manhã e à noite

Sabe-se que o Mestre Mikao Usui recomendava aos seus alunos que recitassem os Cinco Princípios de manhã e à noite, ou seja, em momentos propícios à meditação, introspeção e autoavaliação. Também ensinava a integrar os preceitos nos preparativos necessários antes de um tratamento de Reiki (a si ou a outra pessoa), o que reflete a importância de o praticante estar no momento presente, focado e enraizado, com a mente limpa e o coração predisposto, quando se propõe usar a energia Reiki num tratamento.

Mindfulness

Sendo certo que o Reiki é uma terapia complementar e filosofia de vida com alguma influência das tradições budista e xintoísta – muito comuns no Japão – a prática da atenção plena acaba por lhe ser imanente. Esvaziar a mente e tomar consciência do momento presente são, pois, conceitos comuns ao Reiki e que, mais recentemente, têm vindo a ser muito divulgados no Ocidente por via do movimento Mindfulness. Aliás, na prática do Reiki temos à nossa disposição a Meditação Gassho, cujos pressupostos são idênticos aos da meditação Mindfulness, nomeadamente, ajudar a serenar a mente, trazer clareza ao pensamento e aumentar a perceção. Associar-lhe a expressão “Só por hoje” reforça esse propósito de nos ajudar a esvaziar a cabeça de pensamentos associados ao passado ou ao futuro, auxiliando-nos a estar aqui e agora. Só por hoje.

Várias dimensões da aplicação prática do “Só por hoje” 

Os Cinco Princípios para acalmar a mente

Estar no momento presente a… descascar romãs

Estar aqui e agora – assim até poupas água

Sobre o autor:

Terapeuta e mestre de Reiki, concilia com a atividade de jornalista e produtora de conteúdos. Elemento dos Órgãos Sociais da Associação Portuguesa de Reiki nos biénios 2012-2014 e 2014-2016

Andreia Vieira – que escreveu artigos no BeYou Reiki.

Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *